Thursday, October 19, 2017

Uma carta de amor numa cidade com identidade

Algo simples

Por vezes perguntam-me em que projectos estou envolvido ou onde está a minha mente.

 Eu não sei muito bem o que responder, pois a mesma funciona sempre junto com o meu coração e a minha alma, logo vou respondendo que os projectos que tento concretizar têm a ver com vida e com um sentimento chamado amor que é gerido em vários momentos da mesma.


Uma capela de almas

 Muitas vezes, enquanto o meu cérebro deambula com o meu coração numa luta desleal, vou-me lembrando de almas que se juntam numa capela numa rua perdida e bela com o nome Catarina.
 Escuto preces, oiço pessoas a falarem enquanto passam, comunico com as mesmas nas ruas, sabendo que irei sempre falar do amor que tenho pela cidade onde nasci e que é a mais bela do mundo.



Doces e mel com uns simples flyers

Perco-me entre doçuras e travessuras em cafés com vida e gente onde a alma nunca está distante do coração e está mesmo à mão.



Um simples rapariga e um desenho baseado em mim pela artista polaca Magdalena Minko


Tento construir puzzles com um estilo pessoal e profissional onde a vida é algo que se encadeia no mesmo e nunca é perdida...



Uma rapariga com liberdade e sem idade 

 Falam-me de falta de identidade na cidade do Porto e eu somente coloco uma simples frase "quem é esta rapariga?" num autocolante com uma imagem na magnifica praça da invicta que ostenta o nome liberdade.


Uma rua da invicta com uma imagem de uma simples rapariga 

Nas ruas te procuro, nas ruas te encontro como se tudo não passasse de um mero sonho que colide com a realidade e uma imagem com palavras nunca deve ser de uso exclusivo nacional, mas sim internacional.

 
Numa estação de metro com uma imagem de uma simples rapariga e com um desenho baseado em mim pela artista polaca Magdalena Minko

Entre a chuva e o frio e entre a tua e a minha dor física/emocional, chegam a pedir-me para ser um simples ser racional sem imagens ou palavras em ruas que sempre percorri.


Um copo com água, uma simples rapariga e o actor norte americano Clint Eastwood pelo artista polaco Nikodem Cabala

Por vezes sinto-me rejuvenescido como se de repente tivesse entrado numa qualquer fonte da eterna juventude onde o que conta são simples imagens do actor norte americano Clint Eastwood enquanto novo e duma simples rapariga com meras palavras.  


Um cigarro que arde, um copo com água, um simples vício, o actor norte americano Clint Eastwood mais velho desenhado pelo artista polaco Nikodem Cabala   


 Um cigarro arde, as rugas vão aparecendo, a água que tanto nos dá não é um simples vício, mas sim uma necessidade de limpar a alma até uma qualquer áurea espiritual onde sei que as pessoas que dão o coração nesta vida,  não têm idade, mas sim identidade...   


O personagem Earl Four Eyes do artista italiano Stefano Zattera e um desenho baseado em mim pela artista polaca Magdalena Minko  

    Perdido num personagem de banda desenhada que é um ser mutante chamado Earl Four Eyes e que tenta ser um simples detective fumando cigarros.
 Sei quem sou e o que amo com toda a paixão, emoção e ilusão, onde as ruas de uma qualquer cidade têm imagens, palavras e acima de tudo VIDA numa felicidade extrema e sem qualquer tipo de guerra com ou sem cartel.

 Da mui nobre, sempre leal e invicta cidade do Porto
 Manuel Espírito Santo

No comments:

Post a Comment